Instituto Nacional de Prevenção de Acidentes com Raios
 Proteção Eletroestática  -  Diversas  Materias Jornalisticas

 

Instituto Nacional de Prevenção de Acidentes com Raios
Galeria de Fotos de Raios

 Apoio -  www.PARA-RAIOS.com.br

Produtos e Serviços
Consultoria
Loja Virtual
Principais Clientes
Portifolio
Dicas

 

Dentro de Casa

- Evitar tomar banho usando chuveiro elétrico;

- Afastar-se de fogões, geladeiras ou objetos metálicos;

- Evitar ligar aparelhos ou motores elétricos, pois podem queimar;

- Afastar-se de tomadas e não usar o telefone;

- Desligar da tomada os aparelhos eletrônicos como som, computador, televisão, rádio, ar-condicionado, entre outros.

Fonte: O Liberal - 04/02/2001

 

 

Matéria 20 - Fonte: Diadema Jornal - Diadema- 11/02/2001

Daniela Falsarela

Raios fazem vítimas, em todo País

Perigo - Uma descarga elétrica corresponde a uma corrente até 1000 vezes mais forte do que a do chuveiro

"Um garoto é morto ao ser atingido por um raio no Parque Villa-Lobos. Uma mulher foi morta por causa de uma descarga elétrica proveniente de um raio".

Neste início de ano, os acidentes provocados pelos raios viraram manchetes em quase todos os jornais do país. Na região do ABCD o caso mais recete, aconteceu domingo passado (04), no município de Mauá. O metálurgico Anderson Alves Balbe, 21 anos, empinava pipa num campo de futebol na rua Doutor João Carlos de Azevedo, quando recebeu a descarga de um raio, que o matou na hora. A noiva do rapaz, por estar muito próxma à vítima, também foi atingida pela descarga, mas não chegou a falecer.

Perigo - "Quem costuma estar em campo aberto, piscinas ou se esconder embaixo de árvores, sob ameaça de chuva, está sujeito a ser atingido por uma descarga proveniente de raios, e isto acontece porque em lugares como este as chances de são tão certas quanto as de não sobreviver. De acordo com informações do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Ifipe), um raio tem uma intensidade média de 30.000 ampères, o que corresponde a uma corrente até 1.000 vezes mais forte do que as de um chuveiro.

Chuvas aumentam números de mortes

De acordo com relatório da Coordenadoria Estadual do Governo do Estado de São Paulo, desde janeiro foram registradas 13 pessoas atingidas por raios, sendo que nove são vítimas fatais. Dessas ocorrências, duas aconteceram na região do ABCD.

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou um relatório sobre os acidentes provocados pela chuva. Segundo o lnpe, cerca de 100 milhões de raios atingem anualmente o país e pelo menos 200 pessoas são atingidas.

Casos - Além do metalúrgico de Mauá, morto dia 04 deste mês, o ABCD registrou neste início de ano outros acontecimentos que desencadearam a polêmica sobre os acidentes provocados por raios. A cada chuva forte, pelo menos um caso é
registrado.

No final do mês passado, o estudante Jaquelino José da Silva, 15 anos,não suportou a descarga elétrica de um raio e morreu a caminho do hospital, no município de Santo André.

Somado aos casos no ABCD, ainda há o incidente no Parque Vila Lobos, ocorrido em 14 de janeiro, e que chamou a atenção dos especialistas sobre os perigos de se ficar exposto em lugares impróprios nos dias de chuva.

Tempestade - Os amigos Daniel Souza dos Santos, 15 anos, José Adauton da Fonseca, 14 e Osmann de Melo Ramos, 15, jogavam capoeira no parque quando começou a tempestade. Para tentar se proteger da chuva, os três garotos se esconderam embaixo de um quiosque e em poucos minutos um raio certeiro atingiu o local, matando Daniel. No mesmo dia e local morreram a estudante Renata Baudívia, 12 anos, também vítima de raio.

  Aqui voce retorna a  Pagina Principal

Apoio: www.PARA-RAIOS.com.br
 

| home | produtos e serviços | consultoria | loja virtual | principais clientes | portifólio |
leis vigentes no país
| multas e responsabilidades | órgãos fiscalizadores | normas técnicas | dicas | curiosidades | assessoria de imprensa |